Notícias

Qual a diferença entre os diversos modelos de lâminas e lamínulas?

  • microscópio lâmina

As lâminas e lamínulas são usadas em microscopia para facilitar a visualização da amostra no equipamento. O microscópio é utilizado para observar diversas estruturas, morfologia e fisiologia dos organismos. As lâminas e lamínulas atuam como o suporte para a preparação da amostra biológica, permitindo a realização de diversas técnicas como a coloração e esfregaço.

As amostras biológicas que são analisadas em microscópios precisam ser colocadas sobre uma lâmina, sendo este produto uma peça fundamental e muito utilizada em qualquer tipo de laboratório. Uma vez que uma lâmina é colocada sob o microscópio óptico, a amostra pode ser vista com poder de ampliação de até 1.000 vezes.

As lâminas e lamínulas comumente utilizadas são as de vidro transparente, permitindo que a luz passe livremente e a visualização da amostra seja bem-sucedida. A lâminas também estão disponíveis em diversos modelos como lapidada, não lapidada, com ponta fosca, ponta lisa e cada uma é usada para metodologias diferentes. Mas afinal qual é a diferença entre lâminas e lamínulas para microscopia?

 

Leia também: Você sabe manusear um microscópio corretamente?

 

Lâminas para microscopia

A lâmina para microscopia é um pequeno retângulo de vidro transparente e sem imperfeições utilizado para depositar a amostra que pretende se observar ao microscópio. Geralmente possui a dimensão de 26×76 mm. Sua espessura vai de 1,00 a 1,2 mm e tem a opção de ponta lisa ou fosca.

A lâmina permite que seja realizada a preparação da amostra, garante a integridade do espécime e  seu armazenamento a longo prazo. Também possibilita a inserção e remoção do material para análise da lente objetiva sempre que necessário, simplificando a observação. A lâmina é normalmente utilizada em conjunto com a lamínula.

Lâminas lapidadas x não lapidadas

A lapidação irá determinar as características das arestas (ou bordas) das lâminas. As não lapidadas têm os lados mais irregulares e não uniformes, devido ao corte do vidro.

Já as lâminas lapidadas têm as arestas lisas e uniformes com uma qualidade maior. É muito mais segura para a manipulação, pois evita cortes e ferimentos que poderiam ser causados pelo aspecto do vidro.

 

 Leia também: Microscópio Óptico – Você conhece a sua estrutura e aplicações?

 

Lâminas com borda lisa x borda fosca

A borda lisa se apresenta totalmente transparente, enquanto a fosca tem uma extremidade  utilizada para anotação e identificação da lâmina. As técnicas utilizadas para alcançar esse resultado da borda fosca podem se dar por jateamento ou corrosão, escovamento com abrasivos ou  pintura por serigrafia.

 

Lâmina para microscopia com ponta lisa

Lâmina para microscopia com ponta lisa

Lâmina com ponta fosca

Lâmina para microscopia com ponta fosca

Lamínulas para microscopia

A lamínula é uma versão reduzida da lâmina de microscopia, utilizada sobre a lâmina para cobrir a amostra, evitando aberrações da imagem e refração dos raios luminosos. Ela serve como uma barreira entre a lente do microscópio e o material biológico que deve ser analisado, protegendo dessa forma a ambos.

Muito mais fina, com uma espessura de 0,13 a 0,16 mm, as lamínulas têm um papel importante junto a lente objetiva, pois influencia diretamente na qualidade da imagem, além de manter a amostra fixa sobre a lâmina. Disponível em diferentes tamanhos e formatos, deve ser produzida a partir de vidro translúcido de alta qualidade para garantir que bolhas ou imperfeições não se interponham entre a amostra e a lente.

A lamínula auxilia no achatamento de soluções fluidas, mantendo a amostra plana sobre a lâmina e permitindo o foco ideal do objeto que se pretende visualizar. Tem papel importante ainda na coloração, pois auxilia a distribuição do corante sobre a lâmina através da ação da capilaridade.

É usada principalmente na visualização da amostra com a lente objetiva de 100x com óleo de imersão. Isso impede o contato direto da amostra com o óleo, uma vez que este é colocado sobre a lamínula, evitando assim a contaminação do material biológico.

Esquema Lâmina, Lamínula e amostra

 

 Leia também: Microscópio Óptico – Você conhece a sua estrutura e aplicações?

Aplicação das lâminas e lamínulas

As lâminas e lamínulas para microscopia são usadas de várias maneiras. Vamos especificar a seguir algumas de suas aplicações:

  • Hematologia
  • Histologia
  • Microbiologia
  • Urinálise
  • Parasitologia

 

Lâminas e lamínulas Kasvi